imagem de uma mulher jovem gravando podcast-com os escritos em cima como distribuir podcast-entenda como funcionam os agregadores imagem de uma mulher jovem gravando podcast-com os escritos em cima como distribuir podcast-entenda como funcionam os agregadores

COMO DISTRIBUIR PODCAST: ENTENDA COMO FUNCIONAM OS AGREGADORES!

6 minutos para ler

Descubra aqui como distribuir podcast utilizando agregadores e por que esse tipo de mídia pode ajudar na divulgação do seu conteúdo

Cada vez mais empresas têm apostado em podcasts dentro das suas estratégias de marketing. O cenário é de expansão: o consumo desse produto de comunicação cresceu 67% apenas em 2019.

Os benefícios do podcast no fortalecimento da sua marca são muitos, mas você já ouviu falar dos agregadores? Para saber por que eles são importantes, confira as informações deste post.

imagem de um microfone especial para podcasts, em uma gravação de podcast, ao lado aparece um braço utilizando o celular e  ensiinando como distribuir podcast
Imagem: Reprodução – Como distribuir Podcast

O que são agregadores de podcast?

Trata-se de programas ou sites em que você sobe e transmite seu podcast. É como se fosse um banco de arquivos de áudio onde esses conteúdos são mantidos e acessados quando desejado. Seria um equivalente do YouTube, só que exclusivo para áudio.

Neles, é possível compartilhar podcasts para serem consumidos, mas, antes, existem algumas etapas que precisam ser seguidas.

Como funcionam os agregadores?

Um dos atrativos do podcast é a relativa facilidade de produzir conteúdo. Basicamente, qualquer pessoa com um microfone e programa de edição de áudio consegue fazer. No entanto, muita gente se esquece dos aspectos técnicos e logísticos de compartilhamento, e é aí que entra a facilidade do funcionamento dos agregadores.

A maior parte das redes sociais não permite que você suba arquivos longos, muito menos que divulgue com outros usuários. Imagine passar por todo o processo de gravação e, na hora H, não conseguir avançar? Por isso, é fundamental saber como trabalhar com os agregadores de podcast para saber pode distribuir o seu podcast. 

Passo a passo

A lógica é a seguinte: o primeiro passo para saber como distribuir um podcast, obviamente, é gravar e editar. Depois, você precisa subir o arquivo em uma plataforma de hospedagem. Anchor, Blubrry e Libsyn são algumas das melhores opções. Cada uma tem suas especificações e limitações para planos gratuitos, então, é bom pesquisar antes de escolher, baseando-se na sua necessidade.

Você precisa acessar o Feed RSS do seu arquivo, um recurso de distribuição de conteúdo em tempo real baseado em XML. RSS literalmente significa Really Simple Syndication, ou algo como compartilhamento muito simplificado. Com esse recurso, você finalmente consegue distribuir seu podcast por meio de um agregador.

Recapitulando as etapas após a gravação:

  • subir o arquivo na plataforma de hospedagem;
  • acessar o Feed RSS;
  • compartilhar no agregador;
  • distribuir o podcast.

É justamente o uso do Feed RSS junto do agregador que permite ao criador do podcast distribuir seus novos conteúdos em tempo real nas diversas plataformas de streaming. Esse é o motivo do uso dos agregadores como facilitadores de compartilhamento: não há necessidade de subir individualmente nos diversos sites e aplicativos.

Qual agregador escolher?

O mercado de produção e consumo de podcasts não para de crescer e, para suprir essa demanda, existe uma variedade de programas agregadores. Vamos conhecer um pouco dos mais usados para você fazer sua escolha com assertividade.

Spotify

O Spotify é definitivamente a plataforma de streaming de conteúdo sonoro mais famosa. Esse motivo por si só já é um atrativo para o uso desse aplicativo na sua estratégia de divulgação de podcasts, com mais clientes em potencial procurando conteúdo de qualidade.

No Spotify, os podcasts são segmentados por tipo, o que facilita para o consumidor achar novos canais; Também é bom para o produtor por atrair, com praticidade, um público no nicho mais específico.

O aplicativo tem opções de assinaturas pagas com preços acessíveis, mas também pode ser usado gratuitamente, mas as propagandas podem ser estressantes.

Deezer

O Deezer também é uma plataforma muito usada, especialmente no Brasil, onde a marca se aliou a algumas empresas de telefonia para oferecer planos gratuitos. Neles, o usuário da companhia já baixa o Deezer, que acaba sendo preferido pela falta de publicidade indesejada.

A plataforma também conta com segmentação de conteúdo, facilitando a vida do usuário, já que as pesquisas são simples e rápidas de serem feitas.

Google Podcast

A gigante de tecnologia não poderia ficar de fora. De olho no mercado crescente dos podcasts, o Google inaugurou a própria plataforma. O Google Podcast é um aplicativo com muita praticidade e, para quem já utiliza outras plataformas da companhia, pode ser um diferencial estar acostumado ao formato e design.

Recentemente, foi lançada uma versão também para iOS, além de contar com um dos acervos mais democráticos.

Castbox

O Castbox é uma opção totalmente voltada para o mercado de podcasts, disponível para iOS, Android e em versão web. Também é gratuito, mas cobra uma mensalidade para versão sem propagandas.

Seu diferencial é um formato de busca revolucionário que procura as palavras dentro do próprio áudio, podendo selecionar resultados baseado nos diálogos, sem necessidade de textos descritivos. Com essa pesquisa “no áudio”, o cliente tem maior facilidade de encontrar conteúdos do seu interesse, além de ter possibilidades de busca mais dinâmicas e especificadas.

SoundCloud

Pioneiro no mercado de compartilhamento sonoro, o SoundCloud recentemente incorporou também os podcasts à plataforma. Apesar de ter perdido a liderança do setor no Brasil, o aplicativo ainda é muito famoso internacionalmente, o que é um diferencial em termos de conteúdo estrangeiro.

Muitos produtores seguem utilizando o SoundCloud por ser uma marca com tradição e autoridade, sendo uma boa aposta para estratégias que queiram se aliar a essa imagem.

Apesar de não conter uma aba específica para pesquisa, outro diferencial da plataforma é que a Inteligência Artificial sugere espontaneamente opções guiada pelo seu padrão de consumo.

Pocket Casts

Com todos os recursos dos outros aplicativos de streaming desta lista, o Pocket Casts tem como diferencial a disponibilidade de pareamento com sistemas operacionais automotivos. Android Auto, Apple CarPlay e outros aplicativos para escutar no seu carro suportam esse agregador, que possibilita ao consumidor ouvir podcasts na correria do dia a dia, o que é um grande atrativo.

No ano passado, o Pocket Casts lançou uma atualização gratuita e ainda conseguiu manter a maioria das funcionalidades.

Pronto para distribuir o seu podcast?

Agora que você já entendeu tudo sobre como distribuir podcast , sobre os agregadores de podcast e a importância do seu uso, já é possível produzir conteúdo audível para diversificar a estratégia de marketing da sua marca.
O importante é estudar bastante qual o seu público-alvo e o padrão de consumo dele.

Gostou dessa ideia e quer saber mais?

Entre em contato para tirar dúvidas e confira nosso podcast nas plataformas:

SPOTIFY
DEEZER
GOOGLE PODCAST
ANCHOR.FM
Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

foto-montagem-guia-completo-modernizar-mkt e comunicação sua empresa

Antes de você sair

Confira esse Ebook

Conteúdos Especiais criados pela 2dcb

para te ajudar

Fechar