imagem-com-uma-mulher-comparando dois-itens-simulando uma comparação- propaganda comparativa imagem-com-uma-mulher-comparando dois-itens-simulando uma comparação- propaganda comparativa

Propaganda Comparativa: O que é e 4 Cuidados Necessários

4 minutos para ler
foto-montagem-guia-completo-modernizar-mkt e comunicação sua empresaPowered by Rock Convert

Veja o que é, para que serve a propaganda comparativa e quais são os cuidados necessários.

A propaganda comparativa está cada vez mais presente no nosso dia a dia por meio da internet, rádio, televisão, outdoors e assim por diante. Nessa direção, para que as empresas alcancem bons resultados, antes de estruturar uma campanha publicitária comparativa elas devem buscar informações sobre as regras éticas e legais envolvendo esta técnica.

imagem-mulher-jovem-simulando-comparação-propaganda-comparativa
PROPAGANDA COMPARATIVA descubra tudo sobre ela

Descubra agora, neste artigo, o que é propaganda comparativa, para que ela serve e quais cuidados a empresa e a agência de comunicação responsável devem ter para que campanhas publicitárias estejam dentro da legislação.

Ficou curioso? Boa leitura!

O que é e para que serve a propaganda comparativa?

De forma simplificada, pode-se dizer que a propaganda de comparação pode ser definida como aquela em que o anunciante de determinada marca, com o intuito de destacar e promover o consumo de seus próprios serviços ou produtos, coloca em comparação, por meio de anúncios publicitários, as características de produtos ou serviços concorrentes.

A propaganda comparativa, ao ressaltar os aspectos positivos da sua marca em relação à concorrência, acaba fazendo com que ela se destaque e se diferencie no mercado. Logo, demonstra aos consumidores algum tipo de superioridade de seu produto ou serviço em relação aos outros.

Vale ainda comentar que a propaganda comparativa pode ser feita de duas formas pela empresa:

  1. propaganda comparativa direta
  2. propaganda comparativa indireta.

A propaganda comparativa direta compara especificamente uma marca com outra, fazendo menção a ela, inclusive.

Já na Indireta a marca da empresa concorrente não é divulgada abertamente ao público, mas diante das informações compartilhadas na propaganda é possível identificá-la.

Powered by Rock Convert

Quais são as vantagens da propaganda comparativa?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, esse tipo de propaganda não traz vantagens apenas para a marca que está fazendo uso dela, mas traz benefícios principalmente aos potenciais consumidores.

Isso porque a propaganda comparativa, além de ser informativa, uma vez que coloca em destaque as características positivas do produto ou serviço, ela também estimula o comportamento e prioriza as intenções e desejos do público consumidor.

De certa forma, a propaganda comparativa protege, inclusive, o consumidor, pois uma vez que a marca compara um produto ou serviço com outro, expondo com sinceridade as características, o consumidor estará protegido e ciente de que o produto ou serviço adquirido é de melhor qualidade.

Nessa direção, pode-se afirmar que a propaganda comparativa, além de ser um instrumento de decisão do consumidor, estimula a concorrência e desperta a criatividade por entre os anunciantes das marcas que precisam estar sempre à frente da concorrência.

Quais os cuidados necessários para usar esse tipo de propaganda?

Como podemos, perceber a técnica da propaganda comparativa, quando utilizada da forma correta, pode trazer resultados eficientes tanto para a organização quanto para os potenciais clientes do produto e serviço ofertado.

Logo, para que tudo saia dentro dos conformes, é importante que a empresa esteja atenta e tome alguns cuidados para que a propaganda comparativa traga os resultados esperados pela organização.

Uma vez que a marca se utiliza de informações mentirosas, desonestas, que desrespeitam os padrões éticos e morais para se autopromover, ela será reprimida pelo CONAR — Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária.

Confira 4 cuidados que sua empresa deve ter ao utilizar a propaganda comparativa:

  1.  a comparação entre produtos e serviços deve ser feita de forma objetiva, ou seja, não pode se basear em dados superficiais de caráter emocional ou psicológico;
  2. a comparação deve ser passível de comprovação;
  3. a comparação não pode ser caracterizada como concorrência desleal, denegrindo a imagem dos produtos e serviços de outras organizações;
  4. a comparação não pode causar confusão entre serviços e produtos de outras empresas.

Por fim, observado os devidos cuidados e tendo o conhecimento de que, uma vez praticada a propaganda comparativa de forma mentirosa as devidas ações judiciais seriam impostas, é de extrema importância contratar os serviços de uma agência de comunicação com um profissional especializado para fazer esse tipo de publicidade, a fim de evitar futuras dores de cabeça.

Você curtiu este post sobre propaganda comparativa?

Então, siga nosso Facebook e Redes Sociais para acompanhar as nossas atualizações.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Conteúdos Especiais criados pela 2dcb

para te ajudar

Fechar

Gostaria de saber mais sobre a

Agência 2?

Fechar

Visite nosso Site