Prepare seu marketing para as tendências do agronegócio em 2019

6 minutos para ler
foto-montagem-guia-completo-modernizar-mkt e comunicação sua empresaPowered by Rock Convert

As empresas do setor agrícola precisam estar atentas às mudanças no cenário interno e internacional para atender às necessidades do consumidor e às novas exigências de mercado.

Depois de anos de recessão econômica o Brasil lentamente começa a retomar seus passos rumo ao crescimento. Por isso, a busca por uma produção sustentável, transparente, criativa e pelas tendências do agronegócio deve ser constante.

Essas inclinações do setor auxiliam o gestor a delinear perspectivas e tomar decisões fundamentais para o sucesso do negócio. Acompanhar esses movimentos é uma estratégia essencial para poder realizar investimentos e aumentar a produtividade.

Neste post, apresentamos algumas das principais tendências do Agronegócio para 2019. Confira!

Incorporação de mais tecnologia

A tecnologia continua evoluindo de forma exponencial e com a mesma velocidade tem contribuído para que o setor agro produza mais e melhor. Isso significa que uma das principais tendências do agronegócio continua sendo a incorporação de novos recursos tecnológicos.

A Internet das Coisas (IoT), por exemplo, vem aumentando a eficiência dos processos agrícolas por meio de sensores instalados nos equipamentos que monitoram as temperaturas do solo e do ar, e medem a velocidade do vento.

Muitas melhorias são percebidas em colheitas realizadas no tempo certo e em adaptações que proporcionam maior produtividade, como o controle do volume de água destinado à irrigação das plantações. Além disso, ocorre significativa redução de custos e maior rentabilidade.

Produção sustentável

Durante muito tempo no Brasil o meio ambiente foi um componente um tanto quanto negligenciado na produção agrícola, resultando em milhões de hectares de terras degradadas. Contudo, com o aumento da conscientização e devido à pressão interna e externa, mudanças foram necessárias.

Dessa forma, a produção sustentável é uma das mais importantes tendências no agronegócio. As boas práticas de sustentabilidade criam valor agregado aos produtos o que, consequentemente, aumenta o preço de venda, gerando maior retorno financeiro ao mesmo tempo em que prioriza o meio ambiente.

Entre as ações que estão sendo adotadas pelo setor agro, podemos citar:

  • tecnologias que conservam água, florestas e a fertilidade natural das terras.
  • produção de energia limpa;
  • economia verde – eficiência no uso de recursos, baixa emissão de carbono e busca pela inclusão social.

Essas ações objetivam preservar os nossos recursos hídricos, uma vez que a sua disponibilidade é fundamental para o desenvolvimento do agronegócio, garantindo segurança alimentar para toda a cadeia.

Da mesma forma, o investimento em projetos agrícolas dirigidos para a produção de energia eólica, solar e de biomassa amplia a competitividade das organizações que desejam crescer no setor.

A economia verde, por sua vez, é uma forte tendência mundial e vem se tornando extremamente relevante no processo decisório de importação e exportação, já que consumidores externos dão preferência para produtos com o selo de carbono zero.

Diferenciação de produtos

Produtos personalizados ou mesmo edições especiais também são tendências no setor agrícola, pois conquistam novos mercados e clientes que procuram por novidades.

O agronegócio brasileiro tem um enorme potencial e a capacidade de criar parcerias agrícolas com todos os países. Tanto os que pertencem aos chamados mercados em desenvolvimento (como os tigres asiáticos e os países árabes), quanto os que fazem parte dos considerados mercados maduros (países das três Américas e da Europa).

Powered by Rock Convert

Os países de mercados em desenvolvimento são aqueles com maior crescimento populacional e econômico e costumam comprar alimentos em maior quantidade com o objetivo de atender as necessidades de consumo da população crescente.

Países de mercados maduros são parceiros históricos do Brasil e mantêm uma relação estreita. Eles normalmente pagam mais pelos produtos adquiridos, pois buscam maior qualidade.

Essa distinção é muito importante para que o produtor brasileiro tenha clareza ao posicionar seus produtos no mercado internacional. Para os mercados considerados maduros, os produtores rurais devem buscar, também, os que estão fora das grandes commodities.

Isso, aliás, vem acontecendo, já que marcas diferenciadas estão ganhando maior destaque, valorizando e agregando aos seus produtos as exigências do consumidor da atualidade, como a qualidade, a sustentabilidade e a praticidade. Para esses casos, também é necessário um investimento mais expressivo em marketing.

Desse modo, mesmo o Brasil sendo um importante exportador de commodities, precisa se diferenciar e buscar atender um número maior de mercados.

Utilização de ferramentas de gestão

O desenvolvimento e crescimento do agronegócio passam, necessariamente, pela organização de todas as operações pertencentes ao processo.

Em outras palavras, passam pela otimização da gestão e isso inclui, é claro, a utilização de softwares e aplicativos capazes de auxiliar os gestores nas tarefas diárias, principalmente, no que diz respeito aos custos de produção.

Essas ferramentas facilitam a tomada de decisão, inclusive à distância, já que muitas utilizam a nuvem, dispositivos móveis e recursos avançados para a coleta de dados.

O controle fitossanitário, mapas de calor e o rastreamento de frotas são algumas das atividades possíveis por meio de ferramentas de gestão.

Negociação em Marketplace

Marketplace é um espaço digital onde são realizadas transações comerciais, isto é, uma plataforma onde vendedores e compradores fecham negócios.

A realização de negócios no campo virtual, também é uma forte tendência do agronegócio. Para atender o setor muitos aplicativos têm sido desenvolvidos, ampliando os esforços aplicados no mercado agrícola para aumentar os lucros.

Essas plataformas e aplicativos costumam oferecer inúmeras opções de produtos e produtores, assim é possível melhorar a interação entre os agentes pertencentes a este mercado. Funcionam, praticamente, como uma rede de relacionamento.

Além disso, as plataformas reúnem diversas ofertas, soluções e oportunidades, promovendo a negociação direta com produtores reconhecidos do setor. Por isso, aqui também vale um bom investimento em marketing para ganhar destaque e aumentar a competitividade.

Em suma, as novas tendências do agronegócio têm como objetivo promover aumento na produtividade, na qualidade e, sobretudo, na lucratividade, levando em conta todos os fatores ambientais que estão intimamente relacionados à sustentabilidade.

O ideal, então, é estar sempre atento as melhores práticas do mercado para poder inseri-las, de maneira estratégica, em seu negócio e preparar um bom plano de marketing e, assim, não perder vantagem competitiva diante da concorrência.

E então, gostou deste post sobre as principais tendências do agronegócio para 2019? Acesse também nosso artigo sobre como identificar e aproveitar as oportunidades do marketing rural, o conteúdo é bastante relevante!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Conteúdos Especiais criados pela 2dcb

para te ajudar

Fechar

Gostaria de saber mais sobre a

Agência 2?

Fechar

Visite nosso Site