5 dicas para melhorar o relacionamento da marca com a comunidade

6 minutos para ler
foto-montagem-guia-completo-modernizar-mkt e comunicação sua empresaPowered by Rock Convert

Ao se instalar em uma região, uma empresa passa a fazer parte de seu ecossistema: contrata pessoas que ali vivem, compra e vende seus produtos e serviços, utiliza recursos naturais e paga impostos. Por motivos como esse, manter o bom relacionamento com a comunidade é saudável.

Você sabe como fazer isso? Bem, a palavra-chave aqui é comunicação. Ao interagir com os atores da sociedade em que está inserida, a empresa gera algum retorno para aqueles que a acolheram.

Esse relacionamento pode acontecer de diversas formas. O importante é que seja uma iniciativa natural e que, de modo ideal, ocorra desde o início de suas atividades na região, não apenas para reparar algo errado.

A necessidade de nutrir um bom relacionamento com a comunidade é ainda mais importante para o setor de produção. Isso porque o impacto ambiental preocupa muitas pessoas que se interessam por temas como aquecimento global e crescimento sustentável.

Se você tem ou gerencia uma empresa e ainda não entende a importância desse engajamento, continue lendo este artigo. Compartilharemos 5 grandes dicas para você começar a fortalecer a imagem e reputação da sua marca na sociedade. Vamos lá?

1. Invista em boas campanhas de marketing

As campanhas de marketing podem ser veiculadas com objetivos variados. Um deles é aumentar o reconhecimento e a notoriedade de uma marca no mercado. Para quem busca uma aproximação com a comunidade, a internet pode gerar resultados surpreendentes a um custo, muitas vezes, mais baixo que o de meios antigos.

Suponhamos que você tenha uma empresa há alguns anos, mas nunca investiu em programas socioambientais. Uma vez que tudo estiver planejado, basta criar um anúncio em plataformas como o Facebook Ads e Instagram Ads para que milhões de pessoas possam saber da novidade em poucos dias.

As mídias sociais merecem destaque em tudo isso. Afinal, a interação e o engajamento entre pessoas e marcas nesses sites são algo comum e o investimento costuma valer a pena. Ainda que você não aposte em anúncios, algumas redes, como o Instagram, podem ajudá-lo.

Note que não estamos falando sobre venda de produtos e serviços, muito menos de posts patrocinados exaltando benefícios. Em vez de fazer isso, busque criar informativos sobre eventos e conteúdos educacionais, por exemplo, que estejam de acordo com valores caros à sociedade e defendidos pela sua empresa.

2. Busque a opinião da comunidade

Essa é uma etapa que você talvez já tenha cumprido durante a construção ou o reposicionamento da sua marca no mercado. Se não conhece a sua persona, não sabe no que ela acredita e quais são as ideias que defende, descobrir em que tipo de ação investir não será tão fácil.

Antes de tomar decisões, consulte a comunidade. Faça pesquisas quantitativas e qualitativas para entender quem são, o que buscam, com o que sonham e quais são as opiniões das pessoas. Se possível, avalie o modo como esses indivíduos percebem a sua empresa e busque conhecer líderes, influenciadores e defensores de causas importantes na região.

Powered by Rock Convert

Assim, você conseguirá entender melhor os atores e terá ideias sensacionais sobre o que fazer para melhorar a notoriedade da sua marca, além de contribuir com a sociedade, de verdade.

3. Beneficie a comunidade com suas atitudes

Após conhecer a comunidade e suas demandas, faça uma análise dos possíveis impactos sociais, ambientais e econômicos que a sua empresa causa. Se você tem uma indústria agrícola e precisa desmatar uma área para produzir, como acha que será a opinião das pessoas sobre a marca se houver investimentos constantes no replantio, em conjunto com os cidadãos interessados?

O ganho com esse tipo de projeto não ocorre apenas na imagem. Internamente, seus colaboradores podem se sentir mais motivados e integrados à marca. Algumas companhias, aliás, convidam seu pessoal para participar de algumas ações e muitos passam a se interessar por elas.

Assim, estude sobre como a sua empresa pode promover melhorias sociais. Você não estará substituindo o governo local, apenas demonstrando respeito à cultura e aos valores sociais.

4. Procure e apoie entidades comunitárias

Uma ideia interessante é colaborar com entidades sociais e organizações não governamentais (ONGs). Essas instituições já costumam ter algum trabalho feito e reconhecido na região. Portanto, unir a sua marca a deles pode ser uma boa iniciativa, desde que a sua empresa esteja, verdadeiramente, interessada em ajudar.

Existem diversas maneiras para isso. As doações e patrocínios são boas possibilidades e bastante comuns, mas você também pode investir em oficinas de capacitação e em eventos para discutir assuntos como saúde, meio ambiente e educação; além de incentivar seus colaboradores a realizar trabalhos voluntários.

Outra opção é fazer uma parceria com o governo local, em projetos e obras como parques infantis e quadras poliesportivas. Lembre-se de investir em algo que esteja alinhado aos valores da empresa e da sociedade.

5. Use o poder da comunicação para melhorar o relacionamento com a comunidade

Após realizar as pesquisas e descobrir tudo o que importa para as pessoas da região, desenvolva um planejamento de comunicação para passar a sua mensagem. É claro que isso pode ser feito nas mídias sociais, mas existem outros meios que merecem ser aproveitados.

Muitas pessoas assistem a programas de TV ou de rádio e participam de eventos culturais. Então, fazer uso desses recursos é uma ótima oportunidade para mostrar a sua marca e o seu valor.

Novamente: não enalteça os seus produtos e serviços. O objetivo é comunicar como a empresa está contribuindo para a sociedade. E não precisa ser algo produzido apenas pela sua marca. Você pode (e deve!) interagir com as pessoas. Aliás, essa co-criação tende a gerar ainda mais valor.

Você entendeu a importância de cultivar o bom relacionamento com a comunidade e como isso pode ser feito? Antes de sair propondo ações, entenda a sua estratégia de branding. Avalie o porquê de a sua empresa existir, quais valores compartilha com as pessoas da região e, então, planeje investimentos que representem a marca.

Já que falamos sobre indústria e marca, que tal descobrir como embalagens criam vínculos emocionais no pós-venda? Leia sobre isso no artigo!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Conteúdos Especiais criados pela 2dcb

para te ajudar

Fechar

Gostaria de saber mais sobre a

Agência 2?

Fechar

Visite nosso Site