Confira 30 termos de marketing e comunicação que você deve conhecer

13 minutos para ler
foto-montagem-guia-completo-modernizar-mkt e comunicação sua empresaPowered by Rock Convert

Conheça as 30 expressões e jargões mais comuns, que são Termos de Marketing e que devem fazer parte do seu conhecimento e glossário profissional.

A administração mercadológica de empresas é uma área de atuação muito diversificada em que novas ferramentas de trabalho surgem com a velocidade em que avança a tecnologia. Logo, ficar por dentro dos principais termos de marketing é fundamental para o profissional se destacar nesse mercado tão competitivo e acirrado.

Pensando nisso, elaboramos este post com 30 termos de marketing. São expressões e jargões mais comuns, que devem fazer parte do seu conhecimento e de seu glossário profissional. Elas ajudam a compreender as novas tendências de estratégias digitais. Confira!

1. B2B

Business-to-Business (B2B) ou Empresa para Empresa. Como o próprio nome já diz, é um termo utilizado para descrever empresas que fornecem produtos ou serviços para outras empresas.

2. B2C

Business-to-Consumer (B2C) ou Empresa para Consumidores. O termo se refere às empresas que vendem produtos ou serviços diretamente para os consumidores finais.

3. Blended Marketing

Estratégia que combina o marketing tradicional (offline) com o marketing digital (online). Trata-se de uma solução integrada que tem como objetivo transmitir a mensagem que a marca deseja para alcançar o sucesso.

4. Branding

Branding é um conjunto de ações que uma empresa aplica com o objetivo de aumentar o reconhecimento e a notoriedade da marca. Isso é feito por meio de diversos elementos, como estilo de design, logotipo, paleta de cores e valores que a companhia expressa em cada uma de suas iniciativas.

5. Briefing

Documento com informações sobre uma empresa e seus objetivos para guiar campanhas de marketing. Um briefing também pode ser utilizado em ações pontuais, como na criação de um artigo para blog, na criação de logotipo e no design para as mídias sociais.

6. CAC

Customer Acquisition Cost (CAC) ou Custo de Aquisição de Clientes. É um cálculo que mostra o investimento médio em estratégias diretas para a empresa conquistar seus consumidores.

Essa métrica é muito importante para qualquer estratégia de marketing, pois contribui significativamente para a tomada de decisões conscientes. Além disso, ajuda a controlar o orçamento das campanhas, evitando desperdícios de recursos e consequentes prejuízos.

7. CMS

Content Management System é um termo de marketing que você já deve conhecer. Já ouviu falar do WordPress ou do Hubspot? Esses são exemplos de CMS utilizados por profissionais em várias partes do globo.

Em bom português, esse termo significa Sistema de Gestão de Conteúdo e se refere a uma plataforma online na qual profissionais de marketing criam, editam, publicam e gerenciam um website.

8. Comunicação Interna/Externa

A comunicação interna tem suas ações voltadas para os colaboradores. Sua principal função é alinhá-los e engajá-los com os objetivos e a cultura da companhia. Para tanto, são estabelecidas e incentivadas condutas que vão ao encontro do que a organização acredita.

Já comunicação externa é aquela que tem a função de transmitir a imagem desejada pela empresa para o público-alvo. É um conjunto de iniciativas que inclui propaganda, assessoria de imprensa, branding, gestão de redes sociais etc.

9. CPA

O Custo por Ação é uma forma de cobrança, geralmente ele é utilizado em plataformas que oferecem a veiculação de anúncios, como o Facebook Ads, nas quais a empresa só paga quando atinge um determinado objetivo.

Por exemplo, se você investir em campanhas nas redes sociais para que um público-alvo se cadastre no site da sua empresa, ao escolher esse método de cobrança, você pagará apenas pelas inscrições, não por cliques ou visualizações.

10. CPC

Esse é um dos termos de marketing mais utilizados quando nos referimos a anúncios. O Custo por Clique é um método de cobrança em que você, como empresa, paga por essa ação dos usuários.

Sabe quando você pesquisa por algum termo no Google e aparecem alguns anúncios? Se a empresa que pagou por eles escolheu essa forma de cobrança, quando você clicar na publicidade, ela deverá pagar por essa ação.

11. CPM

A sigla significa Custo por Mil Impressões e, como seu nome sugere, é a forma de cobrança em que a empresa paga um determinado valor para cada grupo de 1.000 pessoas que visualizarem o anúncio. É um bom método para quem quer aumentar seu reconhecimento de marca ou apenas passar alguma mensagem, sem necessariamente atrair visitantes para um site ou gerar leads.

12. CRM

Customer Relationship Management (CRM) ou Gestão de Relacionamento com o Cliente. É um tipo de software que possibilita o acompanhamento de tudo o que está relacionado aos clientes e potenciais consumidores de uma organização.

O CRM concentra o cadastro de leads e clientes, bem como o registro de ocorrências de serviços e atendimentos, além de acompanhar todas as informações, como histórico de compras, canais de contato (e-mail, telefone, mídias sociais etc.) e preferências da clientela.

13. CRO

Conversion Rate Optimization (CRO) ou Otimização da Taxa de Conversão. Esse termo refere-se a um processo que tem como objetivo aumentar a taxa de conversão de visitantes ou seguidores em clientes, usando técnicas de design, testes etc.

Sua função é criar uma experiência para os usuários capaz de convertê-los em consumidores. O CRO pode ser aplicado em sites, redes sociais, Call-to-Actions (CTAs) e em outros canais do marketing digital para aumentar a sua eficiência.

14. CTA (Call to Action)

Essa é uma expressão muito comum no glossário de profissionais de marketing. Um Call to Action, ou Chamada para Ação, é geralmente uma frase ou banner que convida o interlocutor a fazer algo que ajuda a empresa a atingir seu objetivo com aquela campanha. Por exemplo, quando sugere que o leitor entre em contato com a empresa em um comercial na TV ou que se inscreva na newsletter da organização, após ler um artigo em seu blog.

15. Growth Hacking

É um conjunto de técnicas utilizadas, geralmente, no marketing digital de startups, mas que podem ser aplicadas também às pequenas e médias empresas, já que o objetivo principal é fazer a companhia crescer rapidamente — mesmo com recursos limitados. Growth hackers, como são chamados os profissionais da área, criam estratégias e testes para inovar e aumentar a base de clientes de maneira eficaz.

16. Inbound Marketing

Inbound marketing ou marketing de atração refere-se a um conjunto de estratégias de marketing que visam atrair a atenção e o interesse das pessoas e convertê-las em clientes voluntariamente.

Aqui, uma empresa se promove por meio da criação e do compartilhamento de conteúdos de qualidade em blogs, e-books, newsletters, podcasts, vídeos, whitepapers, SEO e outras estratégias de marketing de conteúdo.

17. Funil de Marketing

Esse é um dos termos de marketing mais comuns, especialmente em estratégias inbound. Um funil de marketing é a representação dos estágios que um prospect (possível cliente) passa até que resolva comprar um produto ou serviço.

Geralmente é dividido em três partes mais importantes: topo, meio e fundo. Ele ajuda a empresa a desenvolver estratégias e conteúdos e a se relacionar com sua audiência da melhor maneira, de acordo com seu nível de conhecimento e interesse.

Powered by Rock Convert

18. KPI

Key Performance Indicator (KPI) ou Indicador-Chave de Desempenho. É uma ferramenta de medição utilizada pelas empresas para medir o nível de performance de uma ação ou de um conjunto de ações para alcançar os objetivos organizacionais.

Em uma campanha de marketing digital, é necessário visualizar as metas para cada ação executada. Assim, os KPIs são utilizados como indicadores de desempenho para acompanhamento de metas, como o número de visitantes em um blog.

Os KPIs produzem informações que facilitam o entendimento do rumo da campanha, de maneira que mesmo aqueles que têm poucos conhecimentos técnicos sobre marketing digital são capazes de compreendê-los.

19. Landing Page

Essa também é uma expressão muito utilizada no marketing digital e faz referências às páginas que tem como objetivo apenas uma oferta. Sabe quando você acessa a sessão de um site para baixar um e-book ou fazer a inscrição em um webinar e só consta, praticamente, um formulário? Essa é uma landing page.

É importante notar que esse termo também é utilizado para anúncios, quando a empresa adiciona um endereço de um site para redirecionar os internautas que clicarem em algum link. Nesse contexto, qualquer página é considerada uma landing page.

20. Lead

Lead significa todo potencial consumidor do seu negócio, ou seja, uma pessoa que tem interesse, ou pode vir a ter, nos produtos ou serviços que a sua empresa oferece.

Uma pessoa se torna um lead, geralmente, ao compartilhar alguma informação, como um endereço de e-mail que a sua empresa poderá utilizar para a comunicação com esse cliente em potencial. Esse é um dos termos de marketing mais presentes no dia a dia dos profissionais.

21. LTV

Lifetime Value (LTV) ou Valor do ciclo de vida do cliente. Essa é uma métrica de marketing e vendas que faz uma projeção da receita gerada pelos consumidores durante todo o relacionamento futuro.

O cálculo do LTV leva em consideração o valor do seu ticket médio e o tempo do relacionamento dos seus clientes com a empresa. Dessa forma, para calculá-lo, você precisa multiplicar um pelo outro:

LTV = valor ticket médio x tempo de relacionamento com os clientes.

Exemplo: suponhamos que o ticket médio na sua empresa seja R$ 350,00 e que o tempo médio de retenção seja de 9 meses. Aplicando a fórmula, teríamos o seguinte resultado:

LTV = R$ 350,00 x 9 = R$ 3.150,00

22. Marketing de Conteúdo

É uma estratégia que tem como objetivo atrair pessoas e gerar valor por meio de conteúdo. É bastante utilizado no inbound marketing, por meio de artigos em blogs, redes sociais, cursos e e-books que educam uma audiência antes de oferecer um produto ou serviço.

23. Omnichannel

No marketing, é um termo que faz referência a unicidade da imagem da marca em todos os seus canais, online e offline. Uma empresa que, além de ter uma loja virtual, por exemplo, vende em um estabelecimento físico, de acordo com o conceito de omnichannel, deve se comunicar de uma maneira padrão com a sua audiência.

24. Outbound Marketing

Ações mercadológicas que têm como objetivo atrair clientes para a empresa. É uma estratégia que investe em comerciais na TV, panfletagem e outdoors, além da prospecção, a fim de atrair a atenção do público-alvo e gerar vendas.

25. Persona

Persona (ou avatar) é a figura semi-fictícia de um cliente ideal, ou seja, a síntese de um perfil do consumidor perfeito. Essa representação permite mapear e compreender melhor quais os desejos e objeções dos consumidores e, assim, serve como um guia para toda a estratégia de marketing.

A criação da persona é baseada em dados reais de informações demográficas (idade, localização, renda etc.) e psicográficas (interesses, motivações, objetivos, desafios, preocupações e razões para a compra).

26. ROI

Return On Investiment (ROI) ou Retorno sobre investimento. É o cálculo utilizado para saber se o dinheiro investido em marketing está se revertendo em lucros ou não. Ele garante que a empresa realize apenas ações lucrativas e não perca tempo e recursos com estratégias que não funcionam.

27. SEM

Search Engine Marketing, ou Marketing para os Motores de Busca, é um conjunto de técnicas que tem como objetivo divulgar uma empresa nos buscadores. Envolve a inserção da companhia em páginas específicas, como o Google Meu Negócio, a veiculação de anúncios e o SEO.

28. SEO

Search Engine Optimization (SEO) ou Otimização para os Motores de busca. É um conjunto de técnicas que ajuda a melhorar o posicionamento de sites nos resultados de buscadores, como o Google e, assim, aumenta as visitas orgânicas.

Resumidamente, o SEO amplia a visibilidade de um site, alcançando mais pessoas que estão procurando por informações, produtos ou serviços.

Vários componentes são utilizados em otimizações SEO: títulos, imagens, palavras-chave, links, estrutura e design do site, entre muitos outros.

29. Smarketing

Esse é um neologismo em inglês, que surge com a união das palavras ‘sales’, de vendas, e ‘marketing’. Em português, também é conhecido como vendarketing e se refere à colaboração entre esses dois departamentos em uma empresa com o objetivo de reduzir atritos e otimizar o fluxo de leads, processos e conversões.

Geralmente, envolve a criação de um acordo, o SLA (Service Level Agreement), documento no qual constam as obrigações de cada departamento. Isso evita ruídos e define as regras do jogo, como o perfil de um lead qualificado e em quanto tempo a equipe comercial deve ligar ou enviar um e-mail para esses internautas.

30. Teste A/B

Finalizando a nossa lista de termos de marketing, eis aqui uma estratégia poderosa que serve para comparar duas versões de uma mesma página, texto ou anúncio e descobrir a que mais converte, ou seja, a que gera os melhores resultados quando apresentada aos internautas.

O Teste A/B permite criar mecanismos para melhorar a taxa de conversão de um site e aumentar as vendas. Pode ser aplicado, por exemplo, quando a empresa quer implementar algo novo em suas páginas na internet, mas antes de oficializar a mudança, deseja avaliar se terá os resultados esperados ou medir a satisfação dos internautas.

Como você pôde perceber, todos esses termos de marketing são importantes para a estratégia da empresa, pois cada um corresponde a ações voltadas para um único objetivo: aumentar a lucratividade.

Que tal notar, na prática, duas expressões que utilizamos neste artigo?

Acesse o nosso e-book gratuito sobre branding, baixe o material e saiba o que fazer para melhorar a imagem do seu negócio!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Conteúdos Especiais criados pela 2dcb

para te ajudar

Fechar

Gostaria de saber mais sobre a

Agência 2?

Fechar

Visite nosso Site