Design da loja: como a ambientação impacta a decisão de compra do cliente?

6 minutos para ler

Você já observou a rotina de um ponto de venda? Várias pessoas trabalham em frentes diferentes e, de uma forma ou de outra, lidam diretamente com o público. Saber o que os clientes querem e o que sua loja oferece a eles revela a chave para criar uma forte conexão entre as partes. E o design da loja tem muito a ver com isso!

O espaço do seu ponto de venda deve envolver os consumidores e, ao mesmo tempo, resolver algumas questões práticas — como o acesso a determinado item, sem a necessidade de um vendedor ter que fazer isso pelo cliente. Trata-se de um equilíbrio de fatores que contribui com o sucesso do negócio.

Continue a leitura e saiba como o design da loja e sua ambientação impactam a decisão de compra do cliente.

A importância do design da loja para o sucesso do negócio

São muitos os fatores que contribuem com as vendas de uma marca. Ela pode ser conhecida no mercado, ter bons produtos ou um relacionamento muito positivo com os seus consumidores. Tudo isso e muito mais pode ser grupado em um termo, a experiência do cliente.  

No caso do ponto de venda, ela começa quando ele se aproxima da loja. Uma vitrine desorganizada e suja não transmite uma imagem positiva, não é verdade? Ela funciona como o jardim de uma casa. Se é malcuidado, passa a impressão de que o interior do imóvel está do mesmo jeito.

Quando a vitrine da loja transmite uma imagem positiva, emite um convite para que o visitante entre. A experiência dele continua no contato com os produtos, passa pelo conforto no interior da loja e continua durante o processo de atendimento e fechamento de uma compra.

Esse processo também é válido para momentos e ambientes específicos dentro da loja. Perceba que tudo contribui para a experiência do cliente — que pode ser positiva ou negativa. Contudo, vamos direcionar esse assunto para um campo específico, que é o design da loja.

O seu ponto de venda deve elaborar mecanismos que criem conexões visuais entre as necessidades e expectativas dos clientes e as soluções que são encontradas no ambiente.

Por isso, é essencial aproveitar da melhor maneira a circulação das pessoas no interior do PDV e utilizar, de maneira equilibrada, elementos de arquitetura, comunicação visual, iluminação, atendimento, aromas, serviços e embalagens. Em conjunto, eles devem incentivar o olhar, a decisão e a ação de cada cliente.

Os itens que são fundamentais para o design da loja

Circulação

Trata-se do espaço disponível para que o cliente caminhe pelo interior da loja. Se os corredores forem muito apertados, por exemplo, podem causar desconforto.

Campo de visão

A disposição dos produtos, prateleiras, móveis, caixas e outros itens da sua loja deve reforçar a mensagem da marca — praticidade, rapidez, valor ou qualquer outra.

Proporção

Além da disposição, tudo precisa ser proporcional. Sua loja deve ter uma quantidade de expositores e produtos que atendam a demanda.

Linguagem

Placas indicativas, cores, organização e outros aspectos falam por sua marca. Será que o consumidor entende assim que olha ou fica confuso?

Para alcançar um design de loja eficaz, você precisa considerar os aspectos citados acima e respeitar outros cinco, que são:

Público

Perfil das pessoas que frequentam o ponto de venda.

Mix de produtos

Quantidade, variedade e preço de acordo com a demanda.

Formato operacional

Modelo de operação da loja, que vai variar do quiosque à um grande magazine.

Área

Espaço disponível para que tudo seja colocado em prático.

Proposta

A mensagem que a marca deseja transmitir para o público.

Como otimizar o design da loja

Acessibilidade

O design da loja serve para facilitar a vida do seu cliente. Por isso, a acessibilidade é uma das questões mais relevantes para o sucesso do negócio. É preciso pensar em tudo, como a entrada das pessoas na loja, o caminho percorrido até os produtos e o acesso delas aos itens.

Produtos de alto valor agregado, por exemplo, costumam ficar dentro de espaços fechados, o que obriga os clientes a chamar um vendedor. É o caso dos seus itens?

Decoração

Lembre-se de que a loja transmite uma mensagem por meio da forma com a qual ela é decorada. Apostar em uma decoração temática, por exemplo, demonstra que o ponto de venda está em clima festivo, oferecendo descontos ou vantagens para que determinados produtos sejam adquiridos.

Outro aspecto importante é que a decoração deve combinar com a proposta da loja. Se o seu produto tem alto valor agregado, não adianta apostar em itens transmitam o contrário.

Disposição dos produtos

Imagine uma loja que venda vários tipos de roupa. Tem peças para o dia a dia, festa, praia e outras ocasiões. Um ambiente assim precisa ser organizado de forma inteligente, para facilitar a decisão do consumidor. As roupas do cotidiano, por exemplo, devem ser as mais acessíveis — exatamente porque fazem parte da rotina das pessoas.

O mesmo vale para as lojas que têm prateleiras e gôndolas. Não é eficaz colocar no alto ou muito próximo do chão aqueles itens que são comprados com frequência, pois eles deixam de ser vistos.

Iluminação

O ponto de venda que tem como objetivo criar um clima mais intimista com o consumidor aposta em uma iluminação indireta, com pontos de luz focados em determinados itens. Já a loja que deseja agilizar a decisão do consumidor deixa tudo bem iluminado, para que os produtos sejam visualizados mais rapidamente.

A iluminação influencia bastante no poder de decisão do cliente. Ela pode transmitir várias mensagens, como a de comprar logo, de que sua loja tem produtos mais caros ou de quais são os itens recomendados.

Climatização

Pense no conforto do cliente. Um ambiente frio ou quente demais não é convidativo para uma passagem mais demorada nele, não é verdade? Por isso, a climatização do ambiente precisa oferecer um momento prazeroso dentro do ponto de venda. Algumas lojas apostam até em cheiros que ativam partes do cérebro ligadas com a vontade de consumir.

Para obter sucesso em um ponto de venda, é fundamental que você e sua equipe considerem o trabalho de um especialista no design da loja. Não basta colocar seu nome na entrada e disponibilizar os produtos — é preciso ir além e conquistar os visitantes por meio de ações coordenadas que os levem até o fechamento da compra.

Esse trabalho que valoriza e potencializa sua marca é feito por quem entende de branding. Entre em contato com a 2 Design Comunicação e Branding para conhecer nossas soluções. Fale com um especialista e faça com que a ambientação da sua loja impacte positivamente a decisão de compra do cliente.

Posts relacionados

Deixe um comentário