Conheça 9 indicadores de clima organizacional para a sua empresa!

12 minutos para ler
foto-montagem-guia-completo-modernizar-mkt e comunicação sua empresaPowered by Rock Convert

Clima Organizacional: Confira 9 indicadores para o seu negócio

Destacar-se da concorrência, em um mercado cada vez mais competitivo, é um desafio para todas as empresas. Uma das formas de garantir bons resultados é contar com uma equipe sempre motivada e produtiva.

Analisar os indicadores de clima organizacional pode ajudar muito nessa missão, pois é uma estratégia que oferece uma boa visão geral do desempenho dos colaboradores.

Conhecendo a fundo os principais indicadores de clima organizacional, é possível identificar as mudanças necessárias para conquistar melhores resultados. Neste artigo, vamos destacar quais são os principais indicadores, como realizar uma boa pesquisa com os seus colaboradores e como analisar os resultados. Boa leitura!

Qual a importância do clima organizacional?

Antes de apresentar os principais indicadores, vamos falar sobre como o clima organizacional pode influenciar no sucesso da sua empresa. Assim como os clientes precisam ser conquistados por meio de estratégias de marketing, os colaboradores também necessitam enxergar vantagens em trabalhar na empresa.

Ao fazer parte de um ambiente de trabalho agradável e favorável ao crescimento e satisfação pessoal, a equipe torna-se mais motivada, comprometida e disposta a ajudar no desenvolvimento do negócio, uma vez que os bons resultados serão revertidos em benefícios para todos.

Por isso, acompanhar de perto os indicadores abaixo e realizar periodicamente pesquisas de satisfação com os colaboradores é fundamental. Lembre-se: é a sua equipe que ajuda você a alcançar os resultados desejados.

Quais os indicadores de clima organizacional?

Para oferecer um bom clima organizacional e identificar quais são as principais demandas dos colaboradores e as ações de endomarketing que devem ser realizadas, é importante analisar alguns indicadores que oferecem um panorama preciso da situação da organização. Confira, a seguir, os principais:

1. Absenteísmo

O percentual de absenteísmo é uma das métricas mais importantes para a gestão de equipes. A ausência dos colaboradores, seja por falta, atrasos ou saídas durante o expediente, pode afetar muito os resultados da companhia.

Além de diminuir a capacidade de produção, o absenteísmo atinge aqueles colaboradores que não costumam ficar ausentes, sobrecarregando e, consequentemente, desmotivando o restante da equipe.

É claro que é necessário fazer uma avaliação individual das justificativas apresentadas, mas existem alguns motivos que podem explicar um percentual alto desse indicador. Os mais comuns são:

  • líderes inexperientes;
  • atritos entre colaboradores;
  • falta de infraestrutura;
  • metas muito agressivas;
  • falhas na comunicação;
  • desmotivação;
  • assédio moral;
  • doenças ocupacionais.

A taxa de absenteísmo é identificada por meio de um cálculo que apresenta algumas variáveis de acordo com o negócio, como horas trabalhadas, números de colaboradores, entre outras.

O aumento da taxa de absenteísmo pode ser o reflexo da insatisfação de colaboradores com possíveis mudanças de gestão ou processos. Acompanhar mensalmente esse indicador é uma maneira de identificar qual é a percepção da equipe em relação à empresa e o que deve ser mudado.

2. Imagem Institucional

imagem institucional nada mais é do que a forma como as pessoas enxergam uma empresa: seus valores, seu modelo de atuação e suas metas e objetivos. Assim, a imagem institucional para os colaboradores é um reflexo preciso de como eles se relacionam com a organização e, justamente por isso, é um indicador tão importante.

É recomendável que a empresa esteja sempre atenta à imagem que a sua equipe tem da marca. É uma marca que valoriza os colaboradores? Há possibilidade de crescimento e um bom plano de carreira? Os líderes e gestores são transparentes no relacionamento com o time? Todos esses fatores têm impacto direto na motivação e produtividade de cada um.

3. Turnover

Esse importante indicador de clima organizacional mostra a rotatividade da equipe, a partir da quantidade de colaboradores entrando e saindo da empresa em determinado período de tempo.

O turnover pode ter diversos motivos, divididos em causas internas e externas.

No primeiro caso, a maior parte dos desligamentos é de responsabilidade da empresa que, de alguma maneira, não ofereceu um ambiente de trabalho atraente. Também podem existir algumas situações que fogem do controle da organização, como a postura inadequada do colaborador ou problemas pessoais que exigem o desligamento, como doenças graves.

As causas externas referem-se a momentos de crise do mercado, o que afeta a demanda por profissionais.

Quanto maior o percentual de turnover, maiores são os problemas de clima organizacional, uma vez que a grande rotatividade dificulta o engajamento da equipe e uma compreensão completa dos processos internos.

Além disso, uma alta taxa de rotatividade traz muitos custos, seja com o processo de recrutamento, treinamento ou desligamento.

Especialistas afirmam que uma taxa de turnover acima de 5% merece atenção. Realizar processos de recrutamento e seleção mais específicos, oferecer melhores salários e investir no endomarketing são algumas estratégias que podem ajudar a diminuir o percentual de turnover.

Além disso, é interessante fazer entrevistas demissionais, questionando o colaborador que optou sair da empresa sobre os motivos da decisão.

4. Condições do ambiente de trabalho

Saber o que os colaboradores pensam do ambiente de trabalho é um dos principais indicadores do clima organizacional, porque tem a ver com a percepção de um espaço em que se passam muitas horas por dia.

O ambiente de trabalho diz respeito ao espaço físico e às condições gerais para que a equipe execute suas tarefas. O local deve ser organizado, confortável e limpo e alguns aspectos sutis podem fazer toda a diferença no clima organizacional, como a iluminação e o volume de ruídos. Não deixe de conversar com a sua equipe sobre esse tema.

5. Produtividade

Sua empresa tem problemas com o alcance de metas? Se a resposta for sim, a produtividade é um dos indicadores de clima organizacional que deve ser observado. Uma equipe altamente produtiva consegue entregar resultados melhores em menos tempo, acelerando o crescimento da empresa.

Por outro lado, uma empresa com uma equipe pouco produtiva pode estar enfrentando problemas no estabelecimento e consolidação de um clima organizacional positivo.

Powered by Rock Convert

Existem no mercado diversas ferramentas que ajudam a mensurar a produtividade dos colaboradores, fornecendo relatórios de desempenho, cruzamento de dados, entre outras informações relevantes. Com esses dados em mãos, é possível identificar gargalos de produtividade, colaboradores com baixo desempenho, processos com falhas, entre outros dados.

É comum que, no começo, exista certa resistência à utilização dessas ferramentas, principalmente de colaboradores que não estão acostumados a registrar suas tarefas do dia a dia. Para evitar atritos, é importante que os gestores expliquem as vantagens dessas informações e como elas podem ser revertidas em ganhos para a equipe.

6. Volume de retrabalho

Outro indicador relacionado à produtividade é o volume de retrabalho realizado. Quando as tarefas são executadas com atenção plena, em um ambiente de motivação e bom clima organizacional, os índices de retrabalho são baixíssimos.

Por outro lado, quando os fatores parecem conspirar contra, um dos primeiros indicadores a dar sinal de mudança é, justamente, o volume de retrabalho. Portanto, é importante acompanhar de perto qualquer mudança nesse aspecto e estar pronto para adotar atitudes de melhoria e aprimoramento.

7. Relacionamento com o gestor

De acordo com um levantamento realizado pela Elancers, 67% dos brasileiros insatisfeitos com o trabalho apontam a falta de reconhecimento profissional e de satisfação pessoal como causas da desmotivação. Apenas 12% reclamam de salários ou benefícios.

A falta de bons líderes é um dos motivos que explicam esse sentimento de desvalorização. Para manter uma equipe unida e motivada, é fundamental que os gestores estabeleçam um bom relacionamento com os colaboradores.

Uma gestão autoritária, pouco aberta ao diálogo, sem feedbacks ou suporte, pode prejudicar muito o clima organizacional. Para identificar como está o relacionamento entre gestores e equipe, faça pesquisas internas com os colaboradores e reuniões para levantar possíveis problemas.

8. Espírito de equipe e integração entre departamentos

Para compreender melhor o clima organizacional da empresa, é importante estar atento a dois fatores de grande importância, que têm grande impacto na motivação dos colaboradores. Estamos falando do espírito de equipe e integração entre departamentos.

Lembre-se de que em uma empresa ninguém trabalha sozinho. Por isso, é essencial que os colaboradores tenham espírito de equipe e mantenham um bom relacionamento dentro da organização, dando suporte uns aos outros sempre que necessário e compartilhando as informações com outros departamentos, o que faz com o que o trabalho flua sempre muito melhor.

9. Avaliação de aprendizagem

Empresas que investem em treinamentos, workshops e feedbacks com regularidade precisam identificar se o estímulo à aprendizagem está trazendo resultados. Muitas vezes, o conteúdo passado ou a forma como as informações são disponibilizadas não atendem às necessidades dos colaboradores.

A evolução do aprendizado pode ser identificada por meio das ferramentas de produtividade e de processos de feedback. Resultados abaixo do esperado podem apontar a necessidade de mudanças nas estratégias de treinamento dos colaboradores.

É relevante uma pesquisa de clima organizacional?

Manter a empresa produtiva e em constante crescimento só é possível com uma equipe motivada. Para identificar as ações necessárias, é fundamental estar atento ao comportamento apresentado pelos colaboradores e usar de estratégias eficientes como a inteligência de mercado. Nesse cenário, a pesquisa de clima organizacional é uma poderosa ferramenta, que tem muito a contribuir. Vamos entender melhor o assunto?

Definição de pesquisa de clima organizacional

A pesquisa é uma forma eficiente de obter dados sobre a percepção dos colaboradores em relação ao clima organizacional. A partir destes dados, é possível gerar um diagnóstico completo dos problemas da empresa em relação a este assunto, além de conhecer também os pontos fortes e aquilo que tem funcionado bem. Daí fica muito mais fácil aperfeiçoar os pontos positivos e adotar estratégias para minimizar os pontos negativos.

A pesquisa é importante, também, por auxiliar o gestor a prevenir eventuais crises que podem ser provocadas por um clima organizacional inadequado.

Para a correta aplicação, mensuração dos resultados e adoção de estratégias que transformem os resultados em mudanças positivas, é importante seguir algumas etapas no processo. Acompanhe!

Trace os objetivos

Uma pesquisa só faz sentido se o gestor tiver objetivos bem definidos, pois são eles que orientarão a elaboração dos questionários, as entrevistas com os colaboradores e mesmo a forma de avaliação dos resultados.

Por isso, antes de iniciar uma pesquisa de clima organizacional, reflita e compreenda os motivos da pesquisa, as informações essenciais e como o processo pode auxiliar na melhoria do clima organizacional.

Informe os colaboradores

É muito importante manter um diálogo direto e transparente com os colaboradores. Informe sobre a realização da pesquisa, reforce a importância da participação de cada um e mostre de forma objetiva como as respostas poderão melhorar o trabalho de todos.

Mas lembre-se: em hipótese algumas os colaboradores deverão responder ao questionário por obrigação. Forçá-los a participar pode alterar as respostas, além de prejudicar a relação com a empresa. A participação deve ser voluntária, para garantir manifestações sinceras e realmente relevantes.

Colete os dados

A coleta de informações para a pesquisa de clima organizacional pode ser via questionários ou entrevistas. Na maioria das vezes, os questionários funcionam melhor porque os colaboradores se sentem mais à vontade para expressar suas opiniões, sem precisar se identificar ou conversar diretamente com um gestor ou profissional contratado.

Entretanto, se sentir abertura para a entrevista, não hesite em tentar: a conversa pode ser surpreendente e enriquecedora.

Uma boa opção é recorrer a uma empresa especializada em pesquisas de mercado, que ajudará você com as estratégias adequadas, participando de todas as etapas com expertise e conhecimentos aprofundados. Um assunto tão importante quanto o clima organizacional sem dúvidas merece atenção especial do gestor!

Mensure os resultados e se prepare para agir

Com os resultados em mãos é preciso entender o que os números e informações dizem sobre o clima organizacional. Os funcionários estão motivados? Há intenção dos profissionais de crescer dentro da empresa, dando continuidade à carreira? As equipes estão bem integradas?

É importante reconhecer com urgência quais são os pontos delicados que precisam de revisão e também aquilo que está funcionando bem, para que a metodologia seja replicada em outras áreas do negócio. Não se esqueça: a informação sem ação não significa nada.

Avalie os indicadores de clima organizacional e todas as informações com cuidado. Organize os dados em um relatório que possa ser discutido com os gestores e, depois, elabore um plano de ação.

Portanto, debruce-se sobre o relatório e pense como tornar a sua empresa cada vez melhor!

Neste artigo, falamos sobre:

  • Os principais indicadores de clima organizacional,
  • Como analisá-los
  • Como aplicar uma eficiente pesquisa sobre o assunto.

Gostou do conteúdo? Siga-nos no Facebook e fique por dentro das nossas novidades!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Conteúdos Especiais criados pela 2dcb

para te ajudar

Fechar

Gostaria de saber mais sobre a

Agência 2?

Fechar

Visite nosso Site