Confira quais são as tendências de design para os próximos anos

6 minutos para ler
foto-montagem-guia-completo-modernizar-mkt e comunicação sua empresaPowered by Rock Convert

O design é uma área que não fica muito tempo sem que novidades surjam e novas tendências se estabeleçam. Algumas duram por um curto período, fazendo sucesso e depois caindo em desuso. Outras perduram por vários anos, sofrendo apenas algumas mudanças sutis.

O certo é que é importante estar por dentro das tendências de design para se adaptar às preferências do consumidor e não ficar atrás da concorrência. Em um mundo onde uma infinidade de informações compete por atenção, é fundamental aliar criatividade àquilo que comprovadamente funciona com o público.

Seguir tendência agrega valor e mostra que uma marca está alinhada com o que acontece ao seu redor. Por causa disso, trazemos hoje as principais delas que provavelmente serão vistas por todo lado para inspirar você. Confira!

3D

Nos últimos anos, o uso do 3D em projetos gráficos cresceu significativamente, e a tendência é que ele se torne ainda mais popular. Algumas empresas já estão atualizando suas logomarcas com o 3D, que permite a criação de imagens tanto surreais como realistas.

Seja em formas coloridas ou em layouts monocromáticos, o que chama atenção no 3D é a possibilidade de destacar o produto ou objeto em foco. Isso é feito por meio de um jogo de luz e sombra ou pelo contraste com um fundo neutro.

Existe ainda uma aposta no crescimento de um 3D flexível, que utiliza formas naturais e orgânicas nas animações e não apenas figuras geométricas. Há ainda o 3D interativo no web design, reproduzindo movimento, perspectivas, profundidade e textura em sites.

Por fim, pode existir também uma tendência na mistura de arte manual e digital, que trará um olhar feito à mão ao 3D, adicionando uma camada tátil aos projetos.

Realidade aumentada

De acordo com as tendências, o que já tem sido utilizado em aplicativos e jogos poderá se alastrar para outras áreas do design. A ideia é utilizar a realidade aumentada para ampliar as possibilidades de interação e visualização de uma marca.

Com o uso da tecnologia, as marcas conseguirão atingir um nível novo de envolvimento imersivo, por meio de plataformas de realidade virtual.

Cores vibrantes

Cada dia mais aumenta a necessidade de se destacar de alguma forma em meio a tanto volume de informações disponíveis. O público é bombardeado constantemente por uma infinidade de conteúdo, por isso, se destacar entre ele não é tarefa fácil.

Uma forma de chamar a atenção de usuários tem sido o uso de cores vibrantes. Porém, é importante lembrar que é preciso cuidado para não provocar exatamente o oposto, fazendo com que as pessoas não queiram olhar por muito tempo um conteúdo que cause fadiga visual.

Gradientes

Uma forma de harmonizar o uso das cores vívidas é a utilização dos gradientes, que já vêm marcando presença há algum tempo e prometem continuar firmes e fortes nos próximos anos. Depois da atualização da marca Instagram utilizando essa técnica, empresas do mundo inteiro olharam com mais atenção para os gradientes de cores.

Powered by Rock Convert

O uso de gradientes é uma excelente estratégia para adicionar cores atraentes ao design de uma marca e permite bastante liberdade criativa. É possível ainda adotar os gradientes para melhorar fotografias e imagens.

Ilustrações

Ícones e ilustrações personalizadas tomam o lugar antes ocupado por gráficos mais limpos. A previsão é de que seja cada vez mais frequente o uso de animações com ilustrações planas ou com movimentos sutis.

A ideia de utilizar ilustrações feitas à mão é proporcionar ao design um lado mais humano, amigável e descontraído, capaz de causar uma boa primeira impressão no público e, posteriormente, influenciar em suas decisões.

Cinemagrafia

Esta composição consiste em um GIF ou vídeo congelado em uma imagem aparentemente estática, mas que tem uma pequena área ou elemento em movimento. A visualização fica mais agradável e confortável do que a de um GIF, já que o movimento é sutil e quase não se percebe seu começo e fim, criando-se um loop eterno.

Se a proposta das novas tendências é sair da mesmice e assumir uma abordagem mais intensa e inovadora, os cinemagraphs são uma ótima pedida. Para muitos, ele é mais atrativo do que um vídeo ou uma imagem estática, já que une o dinamismo de um com a simplicidade da outra.

Espaço negativo

Algumas campanhas muito bem-feitas recentemente utilizando o espaço negativo servem para mostrar por que essa tendência poderá se popularizar cada vez mais em peças gráficas. Seu uso permite a criação de formas inusitadas em espaços vazios que aparentemente não teriam nada.

A proposta dessa composição é destacar um objeto onde está o foco e direcionar a atenção de quem olha para outro espaço, provocando uma surpresa que prende o olhar pela criatividade.

O uso do espaço negativo também aparece bastante em logotipos, que se tornam mais criativos e divertidos, além de desafiadores. Quando o espectador percebe o efeito causado pela construção do logo, passa a ter uma impressão mais positiva da marca.

Tipografia e lettering

A tipografia já é tendência há muito tempo, mas não sai de moda pela possibilidade de mudanças e inovações. A previsão é de que daqui para frente surjam fontes maiores, mais grossas e mais vibrantes.

Tipografias customizadas, com letras personalizadas ou com efeito 3D serão cada vez mais utilizadas pelos designers para atrair os olhares e chamar o espectador para a mensagem transmitida. O lettering, com letras trabalhadas, desenhadas à mão, também será bastante visto.

É possível que a tipografia caótica e desordenada também amplie seu espaço. Um estilo ousado, com letras que não seguem uma ordem lógica, causa um efeito interessante e chamativo.

Vale dizer que essas são previsões baseadas no que tem feito sucesso e nas novidades que vêm surgindo, entretanto, o design é uma área mutável e em constante movimento. Por mais que a originalidade tenha seu lugar, as tendências de design estão aí para serem seguidas, especialmente por quem precisa se destacar e chamar a atenção da audiência.

Se você gostou desse conteúdo e se interessa sobre o assunto, aproveite para conferir também nosso artigo que aponta 6 erros de identidade visual que você não deve cometer.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Conteúdos Especiais criados pela 2dcb

para te ajudar

Fechar

Gostaria de saber mais sobre a

Agência 2?

Fechar

Visite nosso Site