Ainda vale a pena investir em jornais internos para a empresa?

6 minutos para ler
foto-montagem-guia-completo-modernizar-mkt e comunicação sua empresaPowered by Rock Convert

Extra! Extra! Será que o jornal interno da empresa ainda é uma boa opção?

Para obter sucesso entre as concorrentes, atraindo e retendo os melhores talentos, as empresas tentam se posicionar de uma maneira diferente — só que muitas não sabem muito bem o que estão fazendo.

Elas direcionam seus esforços para falar com o público externo e se esquecem de conversar com aquelas pessoas que batalham diariamente para fazer o negócio funcionar: os colaboradores.

O modo como a comunicação interna é feita permite dialogar com o público interno e criar o desejado diferencial competitivo para de destacar entre as demais organizações. No entanto, é preciso encontrar meios para estabelecer esse diálogo.

Será que ainda vale a pena investir em jornais internos para a empresa? Continue a leitura e descubra!

As principais características do jornal interno

Digital e/ou impresso

O jornal interno da empresa pode ser digital e/ou impresso. Quando tem a versão impressa, pode ser fixado em pontos estratégicos da companhia, como os murais que contêm avisos e recados.

Público-alvo

O público-alvo do jornal é composto, principalmente, pelos colaboradores. Mas ele pode atingir fornecedores, acionistas e outras pessoas que participam, ativamente ou não, da rotina da empresa.

Periodicidade

Trata-se de algo relativo, pois o jornal interno da empresa deve ser objetivo. Não adianta ele ser semanal e não ter conteúdo, ou semestral e ter uma edição com incontáveis páginas que, sinceramente, poucos lerão.

Identidade visual

Outra característica do jornal interno da empresa é sua identidade visual, composta por um nome forte e um projeto gráfico profissional. Isso ajuda a transmitir a credibilidade necessária na hora de conversar com o público-alvo.

Seções

Assim como um jornal comum, o interno precisa ser bem-organizado e, desse modo, facilitar a leitura. Seções podem ser criadas com esse objetivo, direcionando o olhar para diferentes tipos de informação.

Conteúdo

O conteúdo também recebe uma atenção especial, pois é feito com linguagem adequada ao público que o lê — sempre mantendo um alto nível de qualidade. Mas é importante que quem leia entenda o que está escrito.

Os benefícios de se ter um jornal interno da empresa

Ter um veículo exclusivo e oficial para conversar com os colaboradores

O jornal interno da empresa é porta-voz da companhia e o que está escrito nele é oficial. Ele também serve para divulgar projetos de diversas áreas que, independentemente do motivo, não costumam ter o destaque merecido.

Fortalecer sua marca junto ao público interno

Cada colaborador é importante para o crescimento da organização e, como membro dessa companhia, ele precisa estar por dentro do lugar onde trabalha. Trata-se do principal divulgador da marca e que pode influenciar outros trabalhadores.

Evitar boatos, fofocas e especulações

Quando não há uma boa comunicação interna, surge espaço para boatos, fofocas e especulações. E isso é muito prejudicial para a companhia, pois contamina o clima organizacional. Como o jornal interno da empresa é um canal oficial, ele serve como forma de zelar pela imagem e reputação da organização — democratizando as informações.

Powered by Rock Convert

Contribuir para o alinhamento da missão e dos valores

Pouco adianta reservar um espaço em seu site para destacar missão e valores se, no dia a dia, eles não são estimulados. Como tem contato direto com os colaboradores, o jornal interno da empresa pode ter o conteúdo pautado exatamente nesses aspectos.

Valorizar os colaboradores que são engajados

Além dos comunicados e projetos, o jornal interno da empresa pode ceder um espaço para valorizar ações individuais e coletivas que vêm dos colaboradores. Eles também podem ter um espaço para divulgar trabalhos voluntários ou iniciativas que trazem melhorias para a comunidade.

Gerar mobilização e engajamento

Sabe quando você sente falta da participação dos colaboradores e deseja convidá-los para uma ação efetiva e, por exemplo, contornar uma situação ruim ou um problema? O jornal interno é o veículo ideal. Mais que isso, ele pode transmitir mensagens assim constantemente, mostrando a importância do trabalho em equipe.

Como esse canal pode ser reinventado

Por mais que o jornal interno pareça algo antigo — e realmente ele é —, precisamos dizer que se trata de um veículo que pode ser reinventado. E o primeiro ponto a ser observado é seu formato.

Suas equipes de Recursos Humanos e Marketing devem considerar, na hora de elaborar um jornal interno, o modo como o público-alvo consome informações. Será que todo mundo lê o que está escrito em um mural?

Entender essa forma de consumo leva a algumas soluções, que podem ser:

  • edição impressa e entregue individualmente;

  • e-mail marketing;

  • intranet;

  • TV corporativa;

  • aplicativo.

O jornal interno da empresa não deve ficar restrito a um formato, mas ser adaptado àqueles que têm potencial de impactar os colaboradores. Além disso, não se pode esquecer de adequar a linguagem ao público.

Acessibilidade é a palavra da vez quando se pensa em escrever para um público composto por pessoas muito diferentes. A linguagem precisa ser simples, clara e objetiva. Sem isso, não haverá identificação entre o jornal e seus leitores.

Quando o jornal interno da empresa se revela útil

Até aqui, você pôde notar como o jornal interno é um veículo importante para a comunicação interna de uma empresa. Ele faz parte de um conjunto de estratégias de branding que contribui para os resultados desejados.

Por meio de um jornal interno, sua empresa será capaz de dialogar com os colaboradores de uma maneira direta e motivadora. Isso possibilita o alinhamento necessário entre todos, construindo um ambiente colaborativo.

Se a sua empresa necessita de ações que:

  • valorizem os colaboradores;

  • melhorem a comunicação interna;

  • criem um diferencial competitivo;

  • atraiam e retenham talentos;

  • evitem rumores e boatos;

  • melhorem o ambiente de trabalho;

  • integrem os novos colaboradores.

Então, ela pode ter um jornal interno para colocar isso e mais em prática.

Com todas as informações compartilhadas neste artigo, você pôde perceber que sim, ainda vale a pena investir em um jornal interno da empresa. Apenas não se esqueça de pensar em um veículo com visual, linguagem e periodicidade adequados aos colaboradores.

Se você gostou deste conteúdo e quer investir em branding e comunicação interna, assine nossa newsletter e receba outros artigos por e-mail.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Conteúdos Especiais criados pela 2dcb

para te ajudar

Fechar

Gostaria de saber mais sobre a

Agência 2?

Fechar

Visite nosso Site