Conteúdos digitais: os riscos de uma estratégia sem planejamento

7 minutos para ler
foto-montagem-guia-completo-modernizar-mkt e comunicação sua empresaPowered by Rock Convert

A internet é um ambiente onde toda empresa deve estar presente, especialmente devido às possibilidades comerciais, de engajamento com a audiência e de aumento no reconhecimento de sua marca. Porém, para ter sucesso, é preciso que os conteúdos digitais tenham uma estratégia bem definida e documentada.

As redes sociais e um blog institucional são importantes, mas não por que estão, simplesmente, na moda. Se não houver ações e decisões que se alinhem aos objetivos e valores empresariais, os investimentos nesses canais podem não fazer sentido ou pior — prejudicar a imagem da marca no mercado.

Neste artigo abordaremos os riscos que acompanham empresas que resolvem investir na produção de conteúdos digitais sem uma estratégia clara e bem definida. Acompanhe!

Os efeitos negativos da falta de planejamento

Em geral, um plano de marketing digital estratégico define as personas do negócio, os canais online a serem utilizados pela empresa, as metas, os indicadores de performance e um cronograma de ações. Esse documento, que deve guiar as iniciativas da companhia na internet, ajuda o gestor a tomar decisões mais assertivas para o alcance de objetivos. A falta disso traz alguns riscos, como você pode verificar a seguir.

Não falar com o público certo

O público-alvo sempre deve estar no centro de qualquer ação de marketing, pois quando isso não acontece, a mensagem não ressoa e não gera resultados. Ainda que a empresa tenha diversos públicos é importante criar personas que descrevam os diferentes perfis de consumidor. Assim, é possível segmentar melhor as campanhas para manter a coerência e obter resultados mais interessantes e lucrativos.

Seguir sem objetivo

As pesquisas necessárias para a construção do planejamento ajudam a definir objetivos e prazos realistas e mensuráveis. Sem isso, a empresa corre o risco de criar conteúdos sem alinhamento a estratégias que garantirão o crescimento e futuro do negócio, principalmente porque as ações serão feitas quase que individualmente, sem coerência com a audiência, o mercado ou as demais iniciativas. 

Digamos, por exemplo, que você resolveu criar um blog por que sabe que isso é importante. Nele, você insere formulários para conversão de leads. Quais serão as ações seguintes? Haverá um fluxo de nutrição? Um planejamento ajuda a responder essas e outras perguntas pertinentes.

Não ter como metrificar resultados

Especialmente no início, quando a empresa começa a trabalhar em um planejamento estratégico para guiar os seus conteúdos digitais, algumas informações serão novidades, inclusive para a gerência. Ao longo do processo, as campanhas deverão ser analisadas periodicamente e otimizadas para a obtenção de resultados cada vez melhores.

Quando um planejamento não é feito, a empresa fica sem saber a performance do conjunto de suas ações, já que não há métricas estabelecidas. Sem essas informações, fica difícil criar estratégias de sucesso.

Gastar recursos sem necessidade

Se a empresa não conhece o seu mercado, objetivos e não tem um cronograma de ações bem definido, é bem provável que invista tempo e dinheiro em campanhas que não trazem os resultados esperados. Além de não ter retorno, possivelmente, continuará a fazer novas tentativas, a fim de melhorar, sem sucesso. Imagine o valor e energia gastos em criações de novos logotipos, websites e impressos para substituir aqueles que não foram feitos apropriadamente.

Desconhecer o mercado

Entender o mercado em que a empresa atua é essencial, o que inclui público-alvo, fornecedores, economia, política e concorrência. A falta de pesquisas — essenciais para a criação de um planejamento de marketing — dificulta aos gestores trabalharem em soluções que agradem e atendam a dinâmica do mercado, além de reconhecer falhas, pontos fortes e oportunidades de inovação.

A periodicidade necessária a um planejamento

Como você já deve ter percebido, um plano de marketing ajuda a empresa a se posicionar no mercado, criar melhores campanhas, alinhadas a seus objetivos, e se diferenciar da concorrência. Contudo, o planejamento precisa ser revisto de tempos em tempos.

Powered by Rock Convert

Você precisa analisar os resultados, entender a performance de cada campanha e compará-las. Assim, conseguirá definir as mudanças necessárias para otimizar seus resultados, que com o passar dos meses, tendem a apresentar melhores retornos sobre o investimento.

Outro ponto interessante é que o comportamento e a jornada de compra do consumidor podem mudar e isso é comum com os avanços tecnológicos. Por isso, é preciso estar atento a esses padrões e, sempre que possível, se adaptar. Assim, a empresa continuará crescendo, conquistando e fidelizando clientes.

Embora não haja uma definição única do período em que se deve revisar o plano de marketing, é preciso que se planeje os intervalos de análise. Algumas empresas fazem isso anualmente e aproveitam para relembrar seus valores e objetivos principais a todos os envolvidos. Outras, fazem essa verificação semestralmente, especialmente quando estão iniciando o negócio e têm urgência no retorno e performance de seus conteúdos digitais.

Aliás, o orçamento é um aspecto muito importante para as empresas jovens, em especial as startups. Seus planos de redução de gastos e aumento de receitas precisam ser observados com mais frequência para garantir que as metas estabelecidas estão sendo cumpridas.

O resultado dessa revisão pode variar de apenas alguns ajustes até um novo planejamento, se observada a necessidade de muitas mudanças.

As melhores ferramentas para planejamento de conteúdos digitais                       

A gestão de uma marca na internet envolve produção, otimizações e análises constantes, especialmente em estratégias de conteúdo. Felizmente, há muitos sites que podem ajudar.

Uma etapa inicial para criar conteúdos digitais, em especial, artigos para um blog, é fazer a pesquisa de palavras-chave. O Answer The Public é uma das opções onde o usuário pode inserir um termo, escolher o idioma e, na versão paga, até segmentar o resultado por país.

Os resultados (que podem ser baixados como imagem ou em formato de Excel) mostrarão termos combinados à palavra-chave que te ajudarão a encontrar ideias para artigos, com base em buscas comuns dos usuários.

O Ubersuggest é uma outra plataforma bem interessante, que além de sugerir palavras-chave, indica seu volume de pesquisa, seu valor no clique em campanhas de links patrocinados (Google Ads) e a competição.

Isso é importante não só para ter ideias de novos assuntos para artigos de um blog, mas também para estratégias de SEO (otimização para os motores de busca). Seu site precisa de um bom ranqueamento para atrair um bom tráfego para seus conteúdos digitais. Nesse caso, o SemRush e o Ahrefs ajudam não só na pesquisa de palavras-chave, como na análise da concorrência e de oportunidades.

Aliás, o SimilarWeb é uma ótima maneira de saber mais sobre a estratégia de conteúdo e de atração de visitantes aos sites de seus concorrentes.

Entendeu como o planejamento de marketing é essencial para o sucesso dos conteúdos digitais da sua empresa? Tudo o que for produzido deve ser coerente à marca e ter uma linguagem consistência e contínua. Não se esqueça de analisar e otimizar suas métricas com uma periodicidade planejada, a fim de obter resultados cada vez mais interessantes.

Você quer aprender mais sobre marketing digital? Então assine agora a nossa newsletter e receba novidades por e-mail.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Conteúdos Especiais criados pela 2dcb

para te ajudar

Fechar

Gostaria de saber mais sobre a

Agência 2?

Fechar

Visite nosso Site