Branding e design: como transformá-los em diferencial competitivo?

6 minutos para ler

As últimas décadas foram marcadas por grandes transformações globais e uma delas foi a forma como marcas e consumidores se relacionam. Se, em um primeiro momento, o foco era o produto e depois um marketing massificado, hoje o que conta é o relacionamento e tudo o que o envolve. Nesse cenário, desenvolveu-se o conceito de branding, que muito se relaciona com o design, mas que possuem definições e aplicações distintas.

Entender a diferença entre branding e design e ao mesmo tempo como os dois campos se encontram, é capaz de tornar sua empresa mais forte, valorizada e reconhecida pelos seus públicos e apta a manter o caixa sempre no positivo. Então, separe alguns minutos para ler este material e dar um salto em seus negócios. Vamos lá! 

Fique por dentro dos conceitos

Antes de nos aprofundarmos na discussão sobre o que o branding e o design podem fazer, juntos pelo seu negócio, é importante compreendê-los individualmente. Veja só: 

Branding

O conceito de marca já foi associado um dia a apenas o logotipo e à simbologia gráfica de uma organização. Com o passar do tempo e a evolução dos relacionamentos entre empresa e consumidor, percebeu-se que a marca é bem mais que isso. Passou-se a entendê-la como um conjunto de atributos da empresa, que compõem a essência, a identidade, a personalidade, o posicionamento e a forte influência de tudo isso na imagem que o cliente formará dela e na maneira que se relacionará.

O termo branding diz respeito à gestão de todo esse composto. Para muitos profissionais e estudiosos, é considerado um sinônimo de gestão de marca. 

Design

O design, por sua vez, está ligado à expressão gráfica, visual e estética da marca. Há alguns anos, era conhecido apenas como produtor de imagens e desenhos. Contudo, hoje já se entende o papel estratégico desse campo do conhecimento no diálogo e nas estratégias de relacionamento com o público. 

O design e a identidade visual precisam ser pensados com a lógica e com a cara da empresa para que possam entregar soluções e não apenas peças gráficas, sem conexão ou estratégia. 

É bom lembrar que, neste momento, estamos considerando o contexto de identidade corporativa. O design tem outras formas de atuação, como design de interiores, design de processo, design de moda, entre outros. 

Entenda a relação entre Branding e Design

Onde é o ponto de interseção das duas áreas? Na verdade (e na prática), podemos considerar que a gestão da marca e a gestão do design andam juntas sempre. O design é uma ferramenta imprescindível para que o branding aconteça. 

Se o brading está ligado ao relacionamento entre marcas e pessoas, à essência da marca e às relações que transcendem as operações compra e venda, o diálogo precisa acontecer em diversos pontos de contato. É exatamente esse contato estratégico que o design fornece ao branding, entregando diferenciação, personalidade, valor e solução aos clientes. 

Conheça os benefícios de se investir em Branding e Design 

Agora que você está por dentro do universo dos dois campos, é hora de ver o porquê vale a pena levá-los para sua empresa. Conheça, a seguir, os benefícios mais relevantes. 

Aumento da percepção de valor do produto

Uma empresa que entende a lógica do consumo atual sabe que a decisão de compra está fundamentalmente ligada a fatores emocionais, de modo que a necessidade atendida está no íntimo do cliente e não diretamente na funcionalidade do produto.

Desse modo, trabalha-se o valor e a solução entregue ao cliente. Quando sua marca consegue suprir exatamente o que o consumidor precisa, em termos intangíveis, pode ter certeza de que a percepção do produto tem tudo para ser positiva. Obviamente, os fatores funcionais como qualidade e preço justo são importantes — não abra mão deles. A tônica aqui é esclarecer que não são exclusivamente os decisores. 

Diferenciação frente a concorrência 

Toda organização tem atributos exclusivos, características que são só de sua marca. Ao identificá-las e usá-las estrategicamente em um plano de gestão de marca, com forte atuação de design, o que se tem é algo diferente do mercado em geral. 

Entenda que seu produto pode ser commoditie, mas a sua entrega, o valor da sua marca e o relacionamento com seus públicos não são. Diferencie-se no seu mercado e deixe que a concorrência seja “mais do mesmo”. 

Fidelização de clientes

Na perspectiva de um bom projeto de branding e design, as relações duradouras são um dos principais objetivos e conquistas. Ao passo que a marca e o cliente criam uma conexão real, uma relação de cooperação mútua e confiança, a fidelização vem como consequência. 

Crescimento do volume de vendas 

Diante do que foi mostrado, você já deve estar percebendo que o aumento das vendas é algo a se esperar, não é mesmo? Afinal, após se construir uma base de confiança e entregar o valor e o bem-estar que o cliente procura, fica muito mais árduo para outro fornecedor se aproximar e convencer esse cliente. Todos buscamos segurança nos negócios e uma boa estratégia de branding colabora bastante para isso. 

Leve em conta a expertise de uma agência especializada

Ao se falar em branding, e por extensão, em design, temos um âmbito mais complexo e profundo. É preciso trabalhar nas origens e nos detalhes, desenvolver a capacidade de entender a marca como um organismo vivo, com história, personalidade, valores e limitações.

O desenvolvimento de um projeto de gestão de marca e design eficaz precisa contar com profissionais que realmente tenham capacitação técnica e habilidade de entender o intangível e transformá-lo em boa reputação, bom relacionamento e movimento de caixa. Portanto, avalie a parceria com uma agência especializada, que vai entregar todos os benefícios de uma gestão de marca estratégica e bem realizada. 

Branding e design têm muito a fazer por sua empresa e não são a “cereja do bolo”, são a estrutura inteira, que garante os diversos benefícios apresentados. Estamos em uma outra era, com um novo formato de consumo, e a sua marca precisa dialogar com os públicos essenciais de modo a construir uma relação forte e duradoura. Isso vale para todos os segmentos da Economia, desde os mais modernos e descolados, até os mais tradicionais. 

Vamos conversar sobre como o branding e o design podem fazer parte da sua organização? Entre em contato conosco e prepare-se para os resultados. 

Posts relacionados

Deixe um comentário